Menu

Perguntas Frequentes

O reembolso médico consiste em um valor predeterminado, calculado pelas operadoras de acordo com o seu plano contratado. Não é considerado dupla cobrança.

Por exemplo: você quer passar com um médico que não é credenciado pelo seu convênio, então você paga a consulta, e mediante a nota fiscal ou recibo, a operadora(convênio) te reembolsa um valor pré determinado de acordo com o seu plano.

Para saber este valor pré determinado, as operadoras (convênios) possuem uma tabela de reembolso. Basta verificar a sua de acordo com seu plano.

Quando for solicitado a prévia de reembolso, o segurado deverá encaminhar a solicitação da prévia de reembolso para a seguradora contendo os dados do procedimento a ser realizado bem como a justificativa do mesmo. A seguradora tem um prazo pré-determinado de em média 5 dias úteis para liberar os valores do reembolso ou a negativa.

De acordo com a legislação 9656/98, o prazo para a seguradora realizar o reembolso ao segurado é de 30 dias.

O valor a ser reembolsado é pré-fixado pela seguradora de acordo com o seu plano contratado. É possível verificar os valores através da solicitação da prévia de reembolso.

  • Cópia da carteirinha;
  • Recibo original em formulário próprio do prestador de serviços com CPF e/ou Nota Fiscal original, constando:
    • Descrição do serviço realizado e quantidade com valor unitário, data de atendimento, especialidade e CRM do médico;
    • Descrição de materiais e medicamentos com valor unitário, se houver;
    • Laudos de exames, se necessário;
    • Laudo médico, se necessário.
  • Para os casos de reembolso dos serviços de remoção, na nota fiscal deverá constar o total de quilômetros rodados, hospital de origem e destino, especificação do tipo de ambulância (UTI ou simples) e relatório do médico assistente justificando a necessidade da remoção.

Após a solicitação cirúrgica pelo médico, é encaminhado à seguradora um relatório médico contendo todas as informações necessárias bem como a justificativa do procedimento e todos os exames necessários. Após análise, a seguradora deverá contatar o segurado num prazo máximo de 21 dias úteis.

Pode, todos os custos que você tiver com este outro profissional não credenciado pelo convênio, poderão ser reembolsados de acordo com o plano da sua seguradora. Você pode checar estes valores diretamente com a sua seguradora através da prévia de reembolso.

Horário: (chegar com 2 horas de antecedência ao hospital, por exemplo, procedimento agendado para as 8:00, chegar as 06:00).

O que devo levar para o hospital?

  • Documentos (RG, CPF, carteirinha do convênio)
  • Todos os exames realizados (incluindo laudos e imagens)

Tempo de jejum

  • Jejum de 8 horas.
  • Usar as medicações de uso habitual, ingerindo-as com cerca de 10ml de água, exceto os medicamentos suspensos pelo médico conforme orientação prévia.

Vestimentas e utensílios de cuidados pessoais

  • Levar apenas seus objetos de uso pessoal: chinelos, escova de dentes, creme dental e escova de cabelo
  • Não utilizar maquilagem, esmaltes escuros, grampos, presilhas de cabelo, lentes de contato, prótese e jóias
  • Iniciar higienização pré operatória 3 dias antes da data do procedimento, tomando banho com a solução Clorexidina Degermante ao invés de sabonete. Há evidências que a prática do banho pré-operatório com antisséptico associado ao preparo adequado da pele do paciente em sala reduz a população bacteriana
  • Higiene pessoal é imprescindível, lavar bem e secar o cabelo no dia da cirurgia

E os medicamentos que costumo tomar?

  • Levar ao hospital as medicações de uso habitual
  • Relatar alergias e efeitos adversos a medicações
    OBS: caso tenha ficado resfriado ou gripado nas vésperas da cirurgia, especialmente se teve que usar medicamentos, avise o cirurgião com antecedência
  • É importante notificar a equipe caso utilize estes medicamentos: AAS, Plavix, Clexane, Somalgin, Clopidogrel, Dipiridamol, Ticlopidina e outros antiagregantes plaquetários, pois o mesmo deverá ser interrompido cinco dias antes do procedimento cirúrgico

Cuidados após a cirurgia

  • Caso o paciente não fique na UTI, permanecerá por um período na sala de recuperação anestésica até recuperar seu nível de consciência e força motora. Retornará ao quarto somente quando estiver bem acordado
  • Ao término da cirurgia, o médico responsável conversará pessoalmente com algum familiar ou acompanhante, portanto é necessário que a pessoa permaneça no hospital no período programado para o término da cirurgia.

Na alta hospitalar, o paciente é orientado pelo médico sobre todos os cuidados necessários com a ferida operatória, inclusive sobre quando deverá retirar os pontos e quando deverá agendar a consulta de retorno.

A ferida está com secreção, o que devo fazer?

Realizar a higienização da ferida operatória com sabonete neutro (de bebê) e após lavar com soro fisiológico 0,9%.

No banho lavar com sabonete neutro e após o banho umedecer uma gaze com soro fisiológico 0,9% e limpar o local da cirurgia. Ocluir novamente com gaze caso esteja vazando algum tipo de secreção, ou, deixar aberto sem curativo, caso o local esteja seco.

Está vazando muito no local da cirurgia, e agora o que eu faço?

Retorne imediatamente ao hospital onde foi realizada a cirurgia para uma avaliação da equipe.

Quando eu retiro os pontos?

A retirada dos pontos se dá ao 14° dia de pós operatório.

Quais são os cuidados que devo ter na alta hospitalar?

Atente-se a todas as recomendações médicas, bem como as receitas, laudos, exames e atestados. Verifique se tudo o que você levou ao hospital esta com você.
Atente-se ao retorno cirúrgico com equipe médica. Você será orientado(a) na alta hospitalar.

Faça seu agendamento:

Leforte Liberdade - SP:

São Caetano do Sul - SP:

Santo André - SP:

Santo André - SP:

Alphaville - SP:

Preencha os campos abaixo para baixar o e-book: